Prof. coltri Junior - Palestras e Consultoria
  Menu Principal
   
Linha do tempo
 74 registro(s) encontrado(s) - Página 1 de 4

 

23/11/2016

O encontro como luz para o nosso dia! 

 

Assista ao vídeo do Primeiro Episódio do Programa Lumiar: O encontro como luz para o nosso dia!



 

07/09/2016

MBA em Gestão de Projetos - vídeo de divulgação 

 

Clique aqui para maiores informações



 

06/09/2016

Indicadores de Gestão 

 


Como medir a saúde de nosso consultório ou clínica?




 

06/09/2016

MBA em Gestão de Projetos 

 

Estamos lançando, parceria Nova Hévila e Facoph, o MBA em Gestão de Projetos.




Maiores informações: http://novahevila.com.br/gp/



 

15/07/2016

MBA em Gestão de Clínicas e Consultórios 

 

Estamos lançando, em parceria com a EAPE e com a FUNORTE, o MBA em Gestão de Clínicas e Consultórios voltado à todos os profissionais de saúde e administradores que desejam trabalhar como gestores ou consultores de clínicas.




 

15/07/2016

Catástrofe no futebol? 

 



 

13/07/2016

A lição de Portugal na Eurocopa 

 



 

07/07/2016

Dentista, o produtor de eventos - Gestão em odontologia - Episódio 2 

 



 

07/07/2016

A agenda - Gestão em odontologia - Episódio 1 

 



 

05/05/2016

Formandos terão de cadastrar dados do diploma em sistema do MEC 

 

Um dos objetivos é coibir fraudes em diplomas.
Ministério também vai reformular indicadores de qualidade do ensino superior.

Os estudantes que estão no último ano da graduação terão de, obrigatoriamente, a partir de agora alimentar um sistema criado pelo Ministério da Educação que reunirá dados de todos os concluintes do país. A portaria que institui o Cadastro Nacional dos Concluintes foi publicada no Diário Oficial da União do dia 29 de abril de 2016.

O cadastro é um sistema digital que conterá dados sobre os concluintes de cursos de graduação e a autenticidade dos diplomas de graduação registrados no país.

O objetivo da medida, segundo o Ministério da Educação, é facilitar a consulta aos diplomas e assim inibir fraudes.

Para os estudantes concluintes dos cursos de graduação o preenchimento do cadastro será obrigatório. Já para os formados nos últimos cinco anos o preenchimento é voluntário. Caberá às instituições de ensino superior orientar os estudantes e ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) gerir o cadastro e estabelecer as normas.

Indicadores de qualidade
O Ministério da Educação vai reformular indicadores de qualidade do ensino superior. Um grupo de trabalho composto por 15 entidades foi instituído para definir a metodologia para a implementação.

Será criado o Indicador de Desempenho Enade (IDE), com base nos resultados do Enade, prova que avalia o desempenho de estudantes dos últimos anos do ensino superior. Também será criado o Indicador da Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), a ser calculado com base nos resultados dos estudantes no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e no Enade.

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) será substituído pelo Índice de Desempenho dos Cursos de Graduação (IDC), que vai se subdividir em outros índices.

Caberá ao Inep, no prazo de 70 dias, apresentar em audiência pública o resultado das análises do grupo de trabalho. E o grupo terá 90 dias, a partir desta sexta-feira (29), para apresentar o relatório final dos trabalhos.

Fonte: Portal G1 - Globo - via CM Consultoria



 

04/05/2016

Leicester e a Nova Hévila 

 


Como uma equipe considerada pequena, com orçamento muito menor do que os gigantes da Inglaterra, consegue ser campeã (por pontos corridos, em 38 rodadas) da Premier Ligue?
E nós, também podemos vencer assim?
Veja no vídeo: Leicester e a Nova Hévila




 

02/05/2016

Vídeo sobre mudanças no Enade 2016 

 



 

02/05/2016

Ministério da Educação muda forma de avaliação do ensino superior  

 

30/04/2016 via CM Consultoria

O Ministério da Educação (MEC) anunciou uma reformulação na forma de avaliação dos cursos e instituições de ensino superior. Novos indicadores serão criados e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) também será utilizado. O novo sistema substituirá o atual, que vigora desde 2007.

Hoje as instituições de ensino superior públicas e particulares são avaliadas e reguladas de acordo com o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). As avaliações servem, por exemplo, como critério para participação em programas como o Financiamento Estudantil (Fies).

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), prova realizada pelos estudantes, é o fator de maior peso na avaliação e corresponde a 70% do Conceito Preliminar de Curso (CPC), usado para calcular o Índice Geral de Cursos (IGC). A instituição, que não alcançar um conceito mínimo, pode sofrer sanções e até deixar de funcionar.

O CPC e o IGC serão substituídos por novos indicadores, o Índice de Desempenho dos Cursos (IDC) e o Índice de Desempenho Institucional (IDI), respectivamente. O IDC levará em conta as notas dos alunos no Enade, mas também critérios como taxas de conclusão, permanência e desistência dos estudantes, além do desenvolvimento dos professores (titulações, regime de trabalho e permanência nos cursos de graduação).

Já o IDI, que vai considerar a avaliação do ensino, pesquisa e atividades de extensão desenvolvidas pelas instituições de ensino. Este indicador também levará em conta o resultado dos estudantes no Enem e do Enade, com a intenção de medir o que o estudante aprendeu e agregou de conhecimento na instituição de ensino.

Às vezes, a instituição pegou um aluno em um padrão melhor que outra e o que agregou de conhecimento é muito pouco diante daquilo que outra instituição, que pegou aluno com nível muito mais baixo, mas elevou no final. Estamos avaliando o quanto o estudante cresceu naquele curso, o quanto ele aprendeu”, disse Aloízio Mercadante, ministro da educação, durante o anúncio.

Fonte: Portal Correio de Uberlândia



 

02/05/2016

Enem será indicador em avaliação do ensino superior  

 

Notas serão comparadas com o Enade para medir o quanto o aluno evoluiu no curso

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passará a contar na avaliação de cursos e de instituições de ensino superior. O desempenho servirá como marco zero da avaliação do estudante, que será feita também no final do curso. A mudança faz parte de uma série de alterações nos critérios de avaliação do ensino superior que estão sendo desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em coletiva no Ministério da Educação (MEC), o Inep anunciou que criará o chamado Indicador da Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), que será calculado com base na comparação dos resultados dos estudantes no Enem, quando ingressam nos cursos, e no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), aplicado no último ano da graduação.

A intenção é medir o que o estudante aprendeu na instituição de ensino. Atualmente, a avaliação é feita apenas com o Enade, no final do curso. Com o Enem, será possível saber como o estudante ingressou na universidade e depois medir o quanto aprendeu.

"Às vezes, a instituição pegou um aluno em um padrão melhor que outra e o que agregou de conhecimento é muito pouco diante daquilo que outra instituição, que pegou aluno com nível muito mais baixo, elevou no final. Estamos avaliando o quanto o estudante cresceu naquele curso, o quanto ele aprendeu", diz o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Ao contrário do Enade, necessário para que o estudante receba o diploma, o Enem não é um exame obrigatório. O MEC acredita, no entanto, que este não será um problema, uma vez que a maior parte dos estudantes que ingressa no ensino superior atualmente faz o exame, mesmo que não o utilize como forma de ingresso.

O Inep pretende também revisar o Enade. Hoje as notas são calculadas por comparação com o desempenho de outros cursos. A autarquia quer criar níveis de proficiência para medir o desempenho dos alunos. "Atualmente, mesmo que a instituição tenha um resultado muito positivo, o desempenho pode ser totalmente relativizado se outra instituição teve desempenho superior a ela. Mesmo que faça um esforço para melhorar, se outras melhorarem mais, ela pode até cair no ranking", explica o presidente do Inep, Luiz Roberto Curi. A classificação em níveis, que ainda serão definidos, segundo ele, resolveria a questão.

Autoria: Mariana Tokarnia | Agência Brasil | 28/04/2016 10h 40 -
no site http://guiadoestudante.abril.com.br/vestibular-enem/enem-sera-indicador-avaliacao-ensino-superior-947041.shtml



 

13/11/2015

Na EAPE Odonto: Curso Planejamento Financeiro de Clínicas e Consultórios para 2016 

 

Dia 11 de dezembro de 2016, das 14h às 20h.



Informações:

(65) 9241-5545 - com Lydia



 

12/11/2015

Planejamento financeiro para clínicas e consultórios 

 

Professor Coltri Junior lança a palestra: Planejamento financeiro para clínicas e consultórios.

Com 16 anos de experiência em odontologia e 20 em gestão e empreendedorismo, o Prof. Coltri Junior coloca a disposição de Escolas e Associações de Odontologia o curso Planejamento financeiro para clínicas e consultórios.

Os participantes ganham uma planilha de gerenciamento para sua clínica com os custos fixos e variáveis e elaboração de preço de procedimento, dentre outros.

Conheça mais sobre o curso clicando aqui.



 

19/09/2015

Programa Chique no Úrtimo do dia 19/09/2015 na íntegra 

 

Ouça, na íntegra, o programa Chique no Úrtimo, com Paulo Juventino, personagem do Prof. Coltri Junior, na Rádio Bandeirantes (Rádio Industrial) 1070 KHz, veiculado no sábado, dia 01 de agosto de 2015:

Clique aqui para entrar na página do programa



 

12/09/2015

Programa Chique no Úrtimo do dia 12/09/2015 na íntegra 

 

Ouça, na íntegra, o programa Chique no Úrtimo, com Paulo Juventino, personagem do Prof. Coltri Junior, na Rádio Bandeirantes (Rádio Industrial) 1070 KHz, veiculado no sábado, dia 01 de agosto de 2015:

Clique aqui para entrar na página do programa



 

05/09/2015

Programa Chique no Úrtimo do dia 05/09/2015 na íntegra 

 

Ouça, na íntegra, o programa Chique no Úrtimo, com Paulo Juventino, personagem do Prof. Coltri Junior, na Rádio Bandeirantes (Rádio Industrial) 1070 KHz, veiculado no sábado, dia 01 de agosto de 2015:

Clique aqui para entrar na página do programa



 

29/08/2015

Programa Chique no Úrtimo do dia 29/08/2015 na íntegra 

 

Ouça, na íntegra, o programa Chique no Úrtimo, com Paulo Juventino, personagem do Prof. Coltri Junior, na Rádio Bandeirantes (Rádio Industrial) 1070 KHz, veiculado no sábado, dia 29 de agosto de 2015:

Clique aqui para entrar na página do programa.


 

 

  Cursos
Pesquisar:

O QUE É TRABALHO PARA VOCÊ?

 

Trailler da palestra O que é trabalho para você?

  

R$ 5.000,00 A MAIS POR MÊS

 

Como faturar R$ 5.000,00 a mais por mês no consultório

  

O ESPELHO

 

Série O que é trabalho de ônibus - episódio 2

  
Untitled 1
Home   |   Coltri Junior   |   Palestras e cursos   |   Linha do Tempo   |   Blog   |   Consultoria   |   Grátis   |   Clientes   |   Mídia   |   Rádio   |   Contato
(65) 9664-6979   coltri@coltri.com.br          
Coltri Junior - palestras e consultoria - todos os direitos reservados